O enorme progresso da produção agrícola nos últimos anos deve-se, em parte, à criação de novas variedades vegetais melhoradas, aumentando a capacidade de explorar comercialmente as culturas.

O processo de fito-melhoramento é longo e caro, no entanto, reproduzir uma variedade é relativamente fácil e rápido. Daí a importância de proteger todas as variedades melhoradas para evitar a bio-pirataria e para incentivar o desenvolvimento de novas variedades em benefício da sociedade.