A marca colectiva não diferencia os produtos ou serviços do seu titular, mas os produtos ou serviços dos membros que pertencem à associação ou agrupamento titular da marca.

Quando a produção de um produto é muito limitada, com escasso impacto económico, ou pelas suas características particulares não pode converter-se numa indicação geográfica protegida, a marca colectiva ganha importância.